top of page
  • Foto do escritorVitacea Brasil

Viticultura no Nordeste: Vale do São Francisco se destaca como polo de produção e inovação


A viticultura no Nordeste brasileiro tem se consolidado como um importante setor econômico, impulsionando o desenvolvimento regional e gerando empregos. O Vale do São Francisco, em especial, desponta como um polo de produção de uvas de alta qualidade, graças ao clima favorável, tecnologias avançadas e investimentos em pesquisa e desenvolvimento.


Mercado em expansão


O mercado de uvas no Brasil tem apresentado crescimento constante nos últimos anos, impulsionado pela demanda crescente por produtos saudáveis e de qualidade. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a produção de uvas no país ultrapassou 1,7 milhão de toneladas em 2023, com o Nordeste respondendo por uma parcela significativa desse volume.


Vitácea Nordeste: Referência em mudas de qualidade


A empresa Vitácea Nordeste, localizada em Juazeiro, Bahia, tem se destacado no cenário da viticultura nordestina pela produção de mudas de uvas finas sem sementes, licenciadas pelos principais programas de melhoramento genéticos focados em uvas de mesa, (ARRA, Blomm Fresh e Sun World), adaptadas às condições climáticas da região e com alto padrão genético. As variedades Arra Sweets® (arra 15), Arra Cherry Crush® (ard 36), Sugar Crisp®, Autum Crisp® e Cotton Candy® são algumas das apostas da empresa para atender a demanda do mercado regional por uvas de mesa saborosas e de alta qualidade.


Com mais de 15 anos de experiência no mercado, a Vitácea Nordeste já entregou mais de 1,5 milhão de mudas para produtores de todo o Nordeste, contribuindo para o desenvolvimento da viticultura na região. Atualmente, a empresa está em meio ao ciclo produtivo, com estimativa de comercializar 290 mil mudas de junho à setembro deste ano.



Foto: Eliemerson Luiz de Freitas (Gerente de Produção Vegetal - Vitacea Nordeste)



Inovação e tecnologia


A Vitácea Nordeste investe constantemente em pesquisa e desenvolvimento, buscando novas variedades de uvas finas sem sementes e tecnologias que possam melhorar a produtividade e a qualidade das mudas. Com mais de 11 cultivares copas e 4 diferentes porta-enxertos, a Vitácea Nordeste oferece aos produtores mais de 44 combinações de mudas enxertadas, possibilitando a escolha da variedade mais adequada às condições de cada região e aos objetivos de produção.


Perspectivas para o futuro


O futuro da viticultura no Nordeste é promissor, com a expectativa de crescimento da produção e da área plantada nos próximos anos. A Vitácea Nordeste, com sua expertise em uvas finas sem sementes e seu compromisso com a qualidade e a inovação, está preparada para contribuir ainda mais para o desenvolvimento do setor na região, gerando empregos, renda e oportunidades para os produtores locais.



Foto: Eliemerson Luiz de Freitas (Gerente de Produção Vegetal - Vitacea Nordeste)






Por: Matheus Cassimiro

24 visualizações0 comentário

Komentáře


bottom of page